4 dicas de como aplicar Inbound Marketing no e-commerce

Se você é novato no Inbound Marketing, é apenas um curioso ou quer aprimorar sua estratégia de e-commerce, parabéns! Já saiu de trás de sua mesa rústica de madeira e se focou no futuro!

 

Portanto, antes de darmos as dicas, explicaremos o que é este conceito e qual sua importância no dia a dia de qualquer ramo. Então, vem com a gente que este guia dará uma ótima noção de como aplicá-lo corretamente!

 

O que é Inbound Marketing?

 

O inbound marketing é uma metodologia que atrai os clientes criando conteúdo valioso e experiências personalizadas. Como se Luminária de emergência se acendesse e fosse impossível não se aproximar delas. A maior vantagem aqui é se concentrar na experiência do cliente.

 

Aplique essas dicas em seu e-commerce

 

O sucesso de um e-commerce começa quando os gestores entendem seus clientes. Mas essa é uma etapa que costuma ser apressada ou negligenciada durante o processo de planejamento. 

 

Portanto, reserve um tempo para isso e respeite este caminho, pois garanto que seu negócio vai colher os frutos.

 

1- Crie personas

 

Uma persona é uma representação de seu cliente ideal com base em dados reais e algumas especulações referentes aos dados demográficos, comportamentos, motivações e objetivos do cliente.

 

Para complementar, considere desenvolver perfis para ajudá-lo a entender claramente outros detalhes como hobbies e estilos de vida. Um padrão comum se dá com as seguintes ponderações:

 

  • Gênero;
  • Idade;
  • Nacionalidade;
  • Localização
  • Renda;
  • Escolaridade;
  • Cargo.

 

Em seguida, defina comportamentos específicos de e-commerce respondendo a estas três perguntas principais:

 

  • Quão novos são os compradores?
  • Com que frequência eles compram?
  • E quanto eles estão gastando?

 

2- Defina metas e objetivos de negócios

 

Embora o inbound e o e-commerce sejam semelhantes, os dois se diferem quando se trata de metas e indicadores-chave de desempenho, também conhecidos como KPIs.

 

Um KPI é uma medida que avalia o sucesso de uma organização, funcionário e etc., no cumprimento dos objetivos de desempenho. As campanhas de e-commerce, geralmente, enfatizam o crescimento financeiro e a atribuição direta mais do que as iniciativas de entrada B2B.

 

Exemplos de KPIs de comércio eletrônico incluem:

 

  • Tráfego do site;
  • Taxa de conversão
  • Valor médio do pedido;
  • Receita on-line.

 

Criar uma abordagem baseada nisso, o ajudará a alinhar as táticas e as estratégias específicas no que diz respeito aos seus clientes e seus resultados.

 

3- Otimização de mecanismos de busca

 

A otimização do mecanismo de pesquisa, também conhecido como SEO, às vezes pode parecer uma tarefa muito grande e cansativa para os profissionais de marketing. Em última análise, tudo se resume a aumentar a visibilidade orgânica do site.

 

Sendo assim, um e-commerce de armário de aço 2 portas que faça isso com cuidado e seguindo todos os parâmetros venderá mais do que outro que nem sequer leu sobre o assunto

 

4- Tenha um blog

 

Os blogs são uma faceta importante de uma estratégia de conteúdo de longo prazo. Eles compartilham informações e conhecimentos valiosos com clientes em potencial. Essas informações melhoram a confiança, aumentam a fidelidade à marca e levam a mais compras.

 

Enfim, esperamos ter ajudado com essa postagem, caso tenha gostado, comente e compartilhe em suas redes sociais.

Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais.