7 dicas de segurança patrimonial

Empresas que lidam com produtos de alto valor, como é o caso de organizações especializadas em locação de geradores, precisam contar com alto nível de segurança, para evitar roubo e assaltos dentro e fora das dependências.

 

Para isso, é primordial investir na segurança patrimonial, que tem como objetivo, não somente a prevenção de roubos e furtos, mas também de outros delitos e acidentes que podem ocorrer, como incêndios, invasões e sequestros, por exemplo.

 

Para ajudar nessa tarefa, selecionamos 7 dicas de segurança patrimonial para aplicar e preservar o imóvel e as pessoas do local.

 

7 investimentos necessário para a segurança patrimonial

 

  1. Sistema de rastreamento de veículos: imagine uma empresa voltada ao setor construtivo que tem um grande entrega de produtos, como disco diamantado, carregadeiras, bombas, entre outros, e acaba sofrendo um roubo durante o trajeto, é um imenso prejuízo, não é verdade? Mesmo que haja seguro das mercadorias, ainda assim é uma dor de cabeça, já que coloca em risco a vida do motorista. Para evitar roubos e furtos em entregas, aplicar sistema de rastreamento é vital.

 

  1. Sistemas de monitoramento por câmeras: as câmeras de monitoramento são essenciais para a segurança patrimonial, já que durante todo o tempo, os locais internos e externos são gravados, o que na ocorrência de assaltos ou furto é possível identificar e isso gera provas que podem ser apresentadas para as autoridades.

 

  1. Iluminação: outra medida necessária é investir em um projeto de iluminação, pois, suponhamos que uma empresa industrial está realizando um processo de conserto uma máquina CNC, que deve uma de suas peças, um servomotor, danificado. Se há iluminação inadequada ou insuficiente, certamente isso prejudica o trabalho e pode causar acidentes. Ademais, uma boa iluminação ajuda a afastar criminosos.

 

  1. Cães treinados: muitas propriedades usam cães treinados para proteger o imóvel e eles também são opções para empresas, visto que ajudam a conter furtos e invasões.

 

  1. Vigilantes: outra alternativa para elevar a segurança do patrimônio é contratar vigilantes e seguranças armados, profissionais responsáveis por supervisionar as áreas, criar medidas preventivas e atuar frente a uma ação  de perigo.

 

  1. Alarmes: os sistemas de alarme são imprescindíveis em termos de segurança, pois, de violação de portas, janelas, entre outros, tipos de risco eminentemente de assaltos, roubos ou invasões, automaticamente o mecanismo emite um alerta sonoro.

 

  1. Controles de acesso: Aplicar dispositivos de controle de acesso é uma maneira de evitar a entrada de pessoas não autorizadas dentro da propriedade, sendo assim, é um investimento eficiente em segurança patrimonial.

 

Contratar uma especializada em segurança patrimonial é vantajoso?

 

Contratar uma organização especializada em segurança patrimonial é um investimento que pode ter um bom custo-benefício, já que todos os equipamentos de segurança bem como a sua manutenção são de responsabilidade da empresa, ou seja, é mais economia e praticidade.

 

Além disso, geralmente contam com profissionais preparados para atuar em diversos tipos de empresas que recebem treinamento frequente. Contudo, é indispensável uma pesquisa e obtenção de referências antes de contratar.

 

Chegamos ao fim do nosso conteúdo sobre dicas de segurança patrimonial. Esperamos que tenha ajudado. Se gostou do artigo compartilhe com amigos e nas suas redes sociais.

Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais.