8 dicas para pés saudáveis em qualquer momento 

Eles ficam expostos por quase toda nossa vida, eles são os que nos deixam em pé, que permite praticar exercícios. Sim, estamos falando dos pés. Os pequenos guerreiros que aguentam todo tipo de sapatos femininos, terreno e dores. 

Cuidar dos pés no verão, nas férias… um ritual de beleza que não pode ser negado em hipótese alguma, principalmente em épocas quentes como o verão, os pés ficam ásperos, e descascam com mais facilidade. 

1. No chuveiro, escove suavemente

Escovamos as unhas, duas vezes por semana, com uma escova macia, para remover todas as pequenas sujeiras. Esfolia os pés, uma vez por semana, com um pouco de sabonete preto, para limitar o acúmulo de calos e manter a pele macia.

2. Lixamos os calcanhares, mas não com muita frequência

A maioria das pedicures só tolera pedra-pomes, não ralador. Uma vez por mês, nos calcanhares e no chuveiro remova os calos. Se seus pés tendem a produzir muitos calos, alterne entre seu hidratante e um creme à base de uréia de 30-50% para acabar com as células mortas.

3. Hidrate os pés regularmente

Algo para fazer todos os dias! Alterne creme hidratante e creme nutritivo, enfatizando os calcanhares e as unhas. 

4. Cortando e depois lixamos as unhas

Começamos cortando – não muito curto – com um alicate e cortador de unhas de qualidade. O corte é reto e os ângulos são suavemente arredondados com uma lixa de papelão. A forma final segue a da unha.

5. Massageamos nossos pés sempre que possível

Nada como uma massagem, com ou sem creme, para relaxar o pé. Nosso conselho: sentado e confortável, partindo do topo do pé e descendo até os dedos, avançamos os polegares, um após o outro, numa espécie de passo pequeno. Adquira também o hábito, em casa, de rolar o pé em um pequeno rolo em uma bola de tênis.

6. Evite chinelos

Para andar, o sapato certo é aquele que promove a ativação da bomba venosa da panturrilha. E isso graças a um bom desdobramento do passo com suas fases de apoio (calcanhar, planta e dedão do pé). 

Este roll-out só é possível se o pé estiver relaxado e não preso para segurar o sapato como em um chinelo. Mesmo usando sapatilhas femininas, os dedos dos pés estão retraídos. Neste tipo de rasteirinha, muitas vezes o suporte é inexistente, o que promove más posturas e dores na pelve e pescoço.

A boa opção é que o sapato seja preso ao tornozelo. Sem contar uma pequena queda (1 cm é suficiente) entre o calcanhar e a frente do pé e um bom amortecimento. Você realmente não quer desistir de seus chinelos? Portanto, não os use sem parar durante as estações quentes, troque os sapatos com frequência, para limitar a tensão.

7. Trabalhe seu arco

Na maioria das vezes trancado e sedentário, o pé recebe muito poucos estímulos. Neste exercício, trabalha todos os músculos do pé, ajuda a manter o dedão do pé alinhado e fortalece o arco do pé. 

Outro benefício é que, ao mesmo tempo, melhoramos nossa ancoragem no solo. O exercício: descalço no chão ou na areia dura, cave e levante o arco do pé o máximo possível coçando os dedos. É toda a sola plantar que deve levantar. Tenha certeza que isso irá ajudar os pés. 

8. Relaxamos os pés com uma receita fresca

A receita para o anti aquecimento dos pés: uma gota de óleo essencial de hortelã e uma de limão para diluir no seu hidratante. Faça esse procedimento principalmente à noite. Agradável e relaxante, especialmente se você adicionar uma gota de óleo essencial de hortelã-pimenta.