Aprenda a gerar leads com inteligência comercial

O mercado vem se desenvolvendo e com a inserção da internet e as ferramentas de propaganda e marketing digital, tornou-se mais importante aperfeiçoar a inteligência comercial para prospecção de clientes e geração de leads qualificados.

Saber gerar leads usando a inteligência comercial, vai trazer uma série de benefícios em médio e longo prazo para sua empresa, como por exemplo:

  • Diminuição de custos com publicidade;
  • Aumento no índice de conversão;
  • Diminuição do stress na equipe de vendas;
  • Qualificação das ações de marketing,
  • Entre outros.

Mas se você tem uma empresa que vende armário de aço 2 portas, por exemplo, sabe realmente como faz para gerar leads com inteligência comercial?

Em suma, a inteligência comercial serve para ações de marketing B2B e B2C e foi na intenção ajudar nosso leitor no processo de prospecção de clientes, que resolvemos produzir esse artigo.

Aqui vamos postar algumas técnicas que podem ajudar a alcançar seu público-alvo e aumentar as chances de converter o interesse do consumidor em vendas. Quer saber mais? Então siga conosco e confira!

Conheça a Persona e o público-alvo

Quando você tem um produto interessante, como uma mesa rustica de madeira, por exemplo, haverá um público-alvo do qual você precisa atingir para aumentar o índice de vendas.

Mas você sabe o que define esse grupo e como alcançá-lo com mais facilidade?

Daí advém a necessidade de estudar a persona para definir estratégias de marketing corporativo ou industrial de sua empresa.

Podemos definir personas como perfis “fictícios” criados pelos gestores de marketing, para representar diferentes tipos de consumidores dentro de um alvo demográfico.

Eles pertencem a uma determinada classe, que tenham determinadas atitude e/ou comportamento pré-definido, que simbolizaria o cliente ideal para consumir o produto.

Sabendo quem são essas pessoas, você terá o primeiro passo para que seja possível gerar leads com inteligência comercial. Dessa forma o setor de marketing estará munido de informações mais precisas, que proporcionarão ferramentas para construir campanhas mais sólidas, para alcançar esse cliente específico. 

Faça análise da concorrência

Você vende um determinado produto, como balde de servomotor, por exemplo, mas seu concorrente tem o mesmo produto e está buscando o mesmo cliente que você.

Ao conhecer a persona e o público-alvo, você conhece as tendências desse mercado e sobretudo o que seu produto poderá oferecer de diferente, para conseguir desbancar a concorrência, quando o consumidor decidir adquirir o material.

Pode ser uma questão de preço melhor, de qualidade, de valor frete, durabilidade, garantia, localização da empresa, enfim. 

A importância de conhecer a concorrência e saber exatamente onde existe um diferencial, é fundamental para que sua empresa trabalhe sobre essa perspectiva e consiga gerar leads qualificados para conversão em vendas.

Fique atento aos indicadores

Os indicadores nas ações de marketing podem mostrar momentos específicos para mudança. Essas mudanças acontecem pois o próprio consumidor busca por novas tendências e sua empresa não pode ficar parada no tempo.

Por isso, em toda campanha de marketing, indicamos que analise bem os resultados, busque por comparativo com indicadores dos semestres passados, para que você consiga ter propriedade e materialidade para novas tomadas de decisões.

Esperamos que essas dicas ajudem sua empresa a gerar mais leads com inteligência comercial. Se gostou do nosso conteúdo compartilhe nas redes sociais para mais pessoas e nos siga para outras dicas de gestão e empreendedorismo.

Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais.

4 principais métricas para acompanhar nas redes sociais

As redes sociais se tornaram um grande aliado das campanhas de marketing e proporcionam métricas que ajudam no desenvolvimento corporativo, sobretudo para aumentar as vendas e engajamento de uma empresa dentro das redes.

Em suma, as redes sociais são ótimas plataformas para:

  • Estreitar as relações entre público-alvo e empresa;
  • Aumentar o engajamento na rede;
  • Publicar conteúdo relevante;
  •  E incentivar compartilhamento de marca.

Ao mesmo tempo que essa plataforma serve diretamente para o marketing digital, os mecanismos das redes sociais também geram métricas para análise de comportamento do cliente e também da eficiência das ações de marketing.

As métricas e a mensuração de resultados

A métrica no marketing é um termo usado para medir e avaliar o desempenho de uma determinada ação.

Com a mensuração é possível analisar resultados de forma aprofundada na intenção de detectar uma eventual necessidade de implementar mudanças na forma de prospecção.

Se você tem uma empresa que vende luminária de emergência, por exemplo, certamente sabe da importância das redes sociais para o seu negócio.

Foi pensando nisso que resolvemos publicar esse artigo para falar sobre as quatro métricas que o gestor de marketing precisa acompanhar de perto, para gerar melhores resultados. Gostou da pauta? Então siga conosco e confira!

As 4 principais métricas das redes sociais

  1. Alcance: a métrica do alcance registra até que ponto sua publicação teve relevância na rede social. O alcance é determinado pelos algoritmos e pode ser influenciado pela quantidade de compartilhamentos e curtidas.

Quanto mais houver compartilhamento de um anúncio de conectores elétricos, por exemplo, mais alcance essa publicação tem e isso quer dizer que o produto foi visto por mais pessoas.

Entretanto devemos ressaltar que se sua empresa estiver efetuando anúncios pagos, nas métricas existirá a diferença do alcance no tráfego orgânico e o tráfego pago, o que mostra que foram diferentes ações, que atingiram diferentes pessoas.

  1. Métrica do engajamento: a palavra engajamento se tornou muito comum em nosso cotidiano, exatamente porque ela faz parte das redes sociais.

O engajamento mostra o quanto os usuários da web tiveram interação com sua postagem e quanto maior for esse engajamento, melhor é para os algoritmos da rede social, aumentando também o alcance da publicação em geral.

  1. Aumento de seguidores: quanto mais a sua empresa trabalha bem nas redes sociais, tendo alcance e engajamento, o número de seguidores tende aumentar.

Se por um acaso o engajamento vai bem, assim como o alcance, mas sua campanha não está conseguindo converter o internauta em um seguidor, algo está errado.

Nesse caso, indicamos que você reavalie algumas estratégias e tentar encontrar onde está o ponto-chave para aumentar esse índice de conversão. 

  1. Curtidas e links: o facebook e o instagram são redes sociais que ficaram marcadas pelas curtidas e likes. Isso se tornou até um termo comum dentro de nossa sociedade, mesmo quando não estamos falando sobre redes sociais.

Se você publicou um conteúdo sobre catalisador para tinta, por exemplo, fique atento ao número de curtidas. Nós recomendamos que faça a mensuração desses resultados levando em consideração as outras publicações que foram feitas no mesmo horário. 

Isso porque tal como é o nosso cotidiano, as redes sociais também têm um fluxo maior e menor de pessoas online, o que obviamente impacta no engajamento,  mensuração e interpretação de resultados das redes sociais.

Chega ao fim nosso artigo falando sobre as principais métricas para mensuração em redes sociais. Se gostou do conteúdo compartilhe e nos siga para outras dicas de marketing e gestão de empresas. 

 

Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais.

4 dicas de como vender mais pelo instagram

Desde o início do Instagram até hoje, aproximadamente um bilhão de usuários se inscreveram na plataforma e costumam abri-la, num ritual diário. 

Este é um dos apps mais baixados do mundo e, com o passar do tempo, tornou-se uma espécie de tubo flexível, pois dá a oportunidade de inserir fotos, vídeos e de vender seus produtos. Quer saber melhor sobre o tema? Então, vem com a gente!

1- Conecte-se com um novo grupo

De acordo com pesquisas, milhões de pessoas podem ser alcançadas por meio de publicidade no Instagram. Além disso, acredita-se que 90% dos usuários seguem, pelo menos, uma conta comercial. 

O conhecimento de demografia pode melhorar sua capacidade de estruturar uma estratégia eficaz e poderosa que converte em leads e, finalmente, em vendas.

Verifique, logo abaixo, a idade dos usuários do Instagram e os resultados:

  • de 18 a 24: 75%
  • de 25 a 29: 57%
  • de 30 a 49: 47%
  • de 50 a 64: 23%
  • Acima de 65 anos: 8%

2- Envolva-se com os clientes

O engajamento é fundamental para manter seu público interessado no que você está postando e vendendo no Instagram (seja roupa ou Imã de Ferrite)

O engajamento da marca no Instagram é 10 vezes melhor que o Facebook, 54 vezes mais que o Pinterest e 84 vezes melhor que o Twitter.

 

3- Construa reconhecimento com a marca

O Instagram é ideal para demonstrar objetivos, visões e realizações da marca, enquanto constrói uma reputação e uma personalidade reconhecíveis. 

Com base nos resultados de uma pesquisa:

  • 78% dos usuários do Instagram consideram as marcas populares; 
  • Enquanto 77% as veem como criativas;
  • 76% como divertidas; 
  • 72% como dedicadas à construção de comunidade;
  • Além disso, 83% dos usuários do Instagram utilizam a plataforma para descobrir novos produtos e serviços; 
  • 81% usam para pesquisar antecipadamente e; 
  • 80% tomam uma decisão de compra.

 

4- Otimize seu perfil comercial do Instagram

Sua bio é o que os potenciais seguidores do Instagram veem pela primeira vez quando clicam em sua página e, se não gostarem do que estão lendo, é provável que deixem de segui-lo. 

Não se esqueça de escolher um nome reconhecível e de fácil memorização. Você também pode considerar colocar algumas hashtags neste texto inicial, como forma de atrair um público mais amplo.

Desta forma, vale a pena sair de suas Bacias de contenção e averiguar todo potencial para otimização. Sendo assim, confira outra dica abaixo.

Além do seu nome no Instagram, sua foto do perfil é a primeira imagem que chama a atenção das pessoas. Estará limitado a um espaço circular no qual sua imagem pode ser adicionada. 

Garanta que o logotipo seja grande o suficiente para ser entendido com clareza. Se o nome da sua empresa for longo, talvez seja necessário encontrá-lo ou abreviá-lo para caber no perfil do Instagram. 

Como alternativa, entre em contato com profissionais do ramo do design, pois eles conhecem as resoluções tanto da foto do perfil quanto daquelas inseridas no feed.

Esperamos ter ajudado com essa postagem, caso tenha gostado, comente e compartilhe em suas redes sociais.

Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais. 

Coleta de dados: como aplicar e mensurar na estratégia de marketing

Para toda empresa, ter informações importantes que gerem impactos positivos para os seus negócios, é algo imprescindível. Através dos dados, é possível trabalhar na captação de novos clientes, aumentar os recursos usados para vendas e presença no mercado.

O marketing trabalha para manter a visibilidade de uma marca sempre em dia, através dos recursos que são disponibilizados a ela, fornecendo bons resultados como o aumento dos serviços prestados como locação de geradores.

Coleta de dados: por que é tão importante para o marketing? 

Quando falamos em coleta de dados, estamos contando a importância de ter conteúdos importantes para um negócio, visando sempre o uso de ferramentas, público e sites para interação de uma marca com os seus clientes, gerando maior intimidade com eles.

Os dados são essenciais para uma empresa saber qual é a melhor estratégia de marketing a ser usada para conseguir captar mais clientes para uma marca, o que traz como benefícios, o aumento das vendas de um item como servomotor, já que através disso, serão destinados os conteúdos construídos.

Imagina que para realizar um trabalho de marketing, uma empresa precisa investir em profissionais que atuem nessa área. Para eles conseguirem executar suas atividades da melhor maneira possível, precisam identificar qual é o público-alvo de seu negócio, dessa forma, descartam a perda de tempo investindo recursos para captação de clientes que não têm a intenção de comprar de seus produtos.

Com essas informações é possível ser mais assertivo em relação às pessoas que possivelmente se interessaram por seus produtos e serviços, evitando o desperdício de tempo e recursos com quem não tem interesse em consumir do que sua marca oferece ao mercado.

Coleta de dados: como aplicá-las e mensurá-las

Fazer a coleta de dados para usá-las nas estratégias de marketing, traz ótimos resultados para os negócios de uma empresa. Isso traz benefícios como aumento de vendas de um produto como o disco diamantado, por exemplo.

Para isso acontecer, é preciso saber como aplicar e mensurar as melhores formas de usar os dados que são coletados para uma empresa. Quando uma empresa possui uma quantidade de dados coletados, ela passa a conseguir:

 

– Desenvolver o relacionamento com seus clientes, identificando suas necessidades, seus hábitos, pois ao saber o que seu público espera, fica mais fácil saber como interagir com ele e criar um relacionamento melhor;

– Estruturar as campanhas de marketing e anúncios feitos com o objetivo de captar mais clientes, colocando uma comunicação que seja mais atraente para ele;

– Detectar as ações de marketing que mais conseguem manter seu cliente voltado a sua marca;

– Identificar quais ações são satisfatórias para o seu cliente, o que é do gosto dele, o que os atrai, gerar satisfação neles e investir nisso para conseguir conquistá-lo.

Esses são alguns benefícios que as empresas adquirem ao investir na coleta de dados que são convertidas para uso no desenvolvimento das estratégias de marketing e com isso, aumentar a visibilidade de sua marca.

 Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais. 

O que é e benefícios do outsourcing de impressão para seu negócio

Adotar formas sustentáveis no dia a dia, vem crescendo cada vez mais por pessoas que se preocupam com o meio ambiente. Aderir aos métodos da sustentabilidade, pode ser não apenas uma forma de empresas e pessoas mostrarem ao mercado que sua marca se importa com a sociedade como um todo, mas também de fazer as pessoas que trabalham nela mudarem seu estilo de vida.

Você já ouviu falar em outsourcing de impressão e sabe para que ele serve? Esse é um trabalho que vem sendo muito usado por empresas que além de preocupar-se com as práticas sustentáveis, querem reduzir as impressões de processos, com o intuito de dedicar-se mais às estratégias que façam um negócio de estruturas metálicas, por exemplo, crescer.

O que é outsourcing de impressão

O outsourcing de impressão tem como objetivo facilitar a vida do empresário e de seus colaboradores, através da locação de scanners, impressoras multifuncionais, entre outros equipamentos que tenham ligação com a impressora. Ele pode ser adquirido e implantado em várias empresas, sejam aquelas de grande porte que fazem locação de grupo gerador a de pequeno porte.

Como falamos acima, adotar medidas e práticas sustentáveis precisam fazer parte do dia a dia de uma empresa. Quando falamos em outsourcing de impressão, as pessoas logo pensam: Como a sustentabilidade se encaixa? Então, hoje em dia, imprimir papel tornou-se algo descartável, então a digitalização de documentos é algo muito usado. Neste sentido o outsourcing pode ser de grande valia.

Ele gera uma diminuição notória de custos para as empresas, pois por ser locado, reduz gastos com a manutenção de equipamentos próprios. É importante citar que esta locação tem crescido muito nos últimos anos e a tendência é que não pare por aí. Então se você está procurando melhor custo-benefício e não ter dor de cabeça com um equipamento, certamente investir nele será uma boa.

Os benefícios do outsourcing de impressão

Como citamos acima, os custos com o investimento quando se realiza a locação de uma impressora, é bem menor do que comprar uma e ter que realizar manutenções, compra de novas peças e até mesmo de um novo equipamento caso ele venha a apresentar defeitos.

Quando um negócio de locação de geradores, por exemplo, investe em uma ferramenta como esta, fazendo a locação dela, todo e qualquer problema futuro, incluindo as manutenções necessárias estão inclusas. Além disso, a compra de peças e suprimentos para abastecimentos fica por conta da empresa contratada para oferecer este serviço.

Caso no escritório já seja usada uma impressora e ela já esteja muito antiga ou queira trocar por uma mais moderna, isso também está incluso, assim como o gerenciamento e as configurações que são realizadas.

Com isso, fica fácil manter o equipamento em perfeito funcionamento, e isentando seu negócio de ter dor de cabeça com impressoras. Muitas empresas analisaram que este é um ótimo negócio e ter um contrato deste pode facilitar o dia a dia do trabalho, principalmente em escritórios que usam muito digitalizações e impressões.

Se você tem uma impressora própria e ela vem apresentando muitos defeitos, ou abriu um negócio e precisa deste equipamento, o outsourcing de impressão pode ser uma ótima opção.

 Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais.

Conheça os principais modelos de gestão

A gestão é um dos pontos principais dentro de uma empresa, afinal ela é quem define a forma como você vai administrar seus colaboradores e a parte financeira, indicando de maneira mais assertiva, como seu negócio que vende armário de aço 2 portas vai funcionar de maneira geral. 

Sem um bom gerenciamento, a chance de fracasso é muito maior e a probabilidade do seu negócio fazer sucesso é quase nula, então, é sempre importante ter um modelo de gestão bem estruturado, e mais do que isso, é necessário encontrar um padrão para ele. 

Gerenciar uma empresa é uma tarefa difícil, e se você não souber como fazer e qual modelo seguir, você provavelmente terá ainda mais dificuldades. Mas, você sabe quais são os principais modelos de gestão? Afinal, não existe só um único jeito de gerenciar uma empresa, cada um realiza a gestão da forma como achar melhor e mais coerente dentro do seu negócio. 

Pensando nisso,se você ainda não conhece os principais modelos de gestão nós vamos te ajudar, no texto de hoje, separamos alguns dos mais importantes para você entender e definir qual se encaixa melhor no seu perfil, bora conhecê-los? 

 

Gestão democrática

Também conhecida como gestão participativa, a gestão democrática coloca como prioridade a opinião e o ponto de vista dos colaboradores tanto nas tomadas de decisões como na montagem dos processos e estratégias da empresa, oferecendo mais engajamento entre os trabalhadores e líderes, e gerando um sentimento de reconhecimento e união entre os funcionários da empresa. 

Essa é uma gestão que dá a mesma oportunidade a todos, reconhecendo os valores e ideias de cada pessoa, porém, quanto mais colaboradores existirem maior será a divergência de opiniões o que pode acarretar em brigas, conflitos e frustrações, então é sempre bom ficar de olho para não gerar um clima ruim dentro da sua empresa que vende mesa rústica de madeira

 

Gestão meritocrática

Como o próprio nome já indica, a  gestão meritocrática se baseia no desempenho e performance individual de cada colaborador, um trabalho bem executado pode render boas vantagens e reconhecimentos, como promoções e bonificações, enquanto um colaborador com desempenho ruim fica sem nada e pode chegar até a ser desligado da empresa. 

Esse tipo de gestão estimula o desenvolvimento das pessoas e o crescimento profissional de cada um, afinal, para alcançar o sucesso você só depende de si, o que deixa todo mundo muito mais motivado, em contrapartida, é possível criar uma competição interna, o que pode prejudicar o clima organizacional do seu negócio. 

 

Gestão com foco em resultados

Aqui não precisa explicar muita coisa, o nome já diz tudo, a gestão com foco em resultados é muito utilizada principalmente por empresas que passam por momentos turbulentos e buscam alcançar resultados rápidos e de maneira eficiente. 

Essa é uma ótima alternativa para acelerar os processos e salvar qualquer empresa que se encontra em estado grave beirando a falência, porém, ela pode ser negativa se realizada a longo prazo, utilizando ferramentas e estratégias que fogem do padrão ético da empresa. 

 

Gestão com foco em processos

Outra gestão com nome autoexplicativo, a gestão com foco em processos é completamente oposta a com foco em resultados, aqui você não quer sair atropelando tudo para alcançar resultados rápidos, e sim focar nos processos da empresa, eu sua estruturação e resposta a longo prazo. 

Isso faz com que você tenha uma porcentagem muito menor de cometer um erro dentro do seu empreendimento de tinta térmica, e consiga moldar processos bem estruturados e responsivos, o único ponto negativo seria que talvez seu desempenho fique lento e demorado, o que pode prejudicar sua gestão. 

 

Gestão autoritária

Por fim, a gestão autoritária funciona quando apenas o gestor chama a responsabilidade e possui voz ativa para lidar com todas as situações da empresa, o que faz com que tudo passe por ele e ele assume todo o desempenho, estratégias e tomadas de decisão da empresa. 

Por um lado isso é positivo, já que não existem divergências e caso ocorra alguma falha, a culpa será somente do líder, por outro lado, não ter a voz ativa dos colaboradores pode gerar um sentimento de submissão e causar insatisfação por parte dos funcionários. 

Você já conhecia todos os principais modelos de gestão? Comente abaixo qual achou mais interessante e implementaria dentro do seu negócio, não esqueça de compartilhar o texto caso tenha curtido, até a próxima!

Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais.

4 maneiras de fazer uma gestão empresarial de sucesso

Dentro de uma empresa, cada vez mais se faz necessário profissionais capacitados, que conheçam os processos e possuam uma graduação para realizar as suas atividades dentro de seu ambiente de trabalho.

É possível identificar que a cada dia que passa, as exigências crescem mais e a competição torna-se maior, pois as pessoas passaram a ter uma facilidade maior para conseguir fazer uma graduação diante de tantas possibilidades disponíveis.

Para uma empresa, seja ela no segmento de estruturas metálicas, ou qualquer outro ramo, sabe que para garantir seu sucesso, é preciso inserir diferenciais ao seu negócio, para que possa manter a sua gestão bem-feita.

Gestão empresarial: O que é e quais seus benefícios

Você já ouviu falar em gestão empresarial? Caso nunca tenha ouvido falar, te daremos explicações e ajudaremos você com algumas dicas de como fazê-la corretamente.

Sabemos que para uma empresa atingir o sucesso tão esperado, aumentar as suas vendas ou um serviço como locação de Grupo Gerador, é preciso investir alguns recursos em técnicas e profissionais capacitados que entendam e tenham experiência em realizar uma gestão empresarial.

Esse processo de gestão empresarial, serve para planejar dentro de uma empresa, estratégias que têm como objetivo mostrar quais são as melhores formas de fazer um negócio obter os melhores resultados, visando sempre verificar as necessidades existentes dentro da organização.

Dentre elas, estão os problemas que existem e podem causar impactos negativos nos resultados da empresa, criando as melhores formas de solucioná-los, evitando falhas, medindo números e corrigindo erros. As áreas mais atingidas por uma gestão empresarial, são: recursos humanos, administrativo, planejamento estratégico e financeiro, mas outros setores podem ser contemplados, dependendo da necessidade de cada empresa.

Um gestor empresarial, profissional experiente e capacitado para executar um trabalho como esse, tem como função, fazer a administração e coordenação das atividades de uma área e equipe, com o objetivo de otimizar os processos, através da delegação de tarefas, auxílio aos funcionários e organização dos planos e metas.

 

Gestão empresarial: 4 maneiras de fazê-la e obter sucesso em seus negócios

Identificar que sua empresa está precisando de um profissional para realizar uma gestão empresarial, é o primeiro passo, pois dessa forma, foi identificada uma deficiência nos processos internos de sua empresa.

Com isso, é possível seguir com as seguintes maneiras de colocá-la em prática:

– Saiba sempre quem é seu concorrente, identificando quais são seus métodos que utilizam para vender um produto. Por exemplo, se seu negócio é de locação de geradores e sabe-se que outras empresas também trabalham com este tipo de serviço, saber quais são seus pontos fracos e fortes é essencial, desta forma, saberá como está sua área de atuação no mercado.

– Planeje metas e objetivos que sua empresa pretende alcançar, pois são elas que darão ao seu negócio, a definição de ações que precisam ser executadas para atingimento do esperado.

– Tenha como objetivo inovar sempre, se destacando dos seus concorrentes.

– Analise através da mensuração, quais foram os resultados obtidos com todo esse trabalho realizado.

Praticar a gestão empresarial dentro de seu negócio, trará bons resultados para o seu negócio e crescimento de sua marca no mercado.

 Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais.

Vendarketing: como alinhar o seu time de marketing e vendas

Você já ouviu falar de vendamarketing e sabe o que significa? Sabemos que alcançar um bom resultado dentro de uma empresa, é o objetivo de qualquer negócio, principalmente aquele que quer mostrar aos seus clientes o quanto seus produtos e serviços são de qualidade, dependem muito dos trabalhos executados e de estratégias de marketing que realmente funcionem.

Uma empresa que faz a locação de geradores, precisa ter profissionais que entendam os métodos que realmente funcionam para obtenção de novos clientes para o seu negócio. É essencial unir o time de marketing e vendas, pois eles caminham lado a lado para fazer uma marca atingir os resultados esperados.

Vendarketing: Sua serventia para os negócios

Explicando melhor o que significa vendarketing é um tipo de alinhamento entre os times de marketing e vendas de uma empresa. Quando uma marca não faz a união dos dois, pode vir a ter alguns problemas para manter seu negócio fluindo e muitos não sabem como ele funciona.

Seu objetivo é auxiliar muitas empresas quando o assunto é entender suas estratégias e oferecer possibilidades de melhorar suas ações. Para uma marca atingir o sucesso esperado, é necessário que os profissionais de marketing e vendas trabalhem em conjunto, assim, os objetivos são atingidos com mais rapidez e eficiência.

O planejamento estratégico será alterado, pois as equipes serão responsáveis igualmente pelo sucesso de uma marca. Sabemos que conquistar um cliente nem sempre é tão fácil, por isso é importante investir em estratégias de marketing para aumentar as vendas de um disco diamantado, por exemplo.

Em suma, o vendamarketing é justamente a junção de vendas e marketing, tendo como objetivo unir essas duas equipes para que uma empresa flua melhor e consiga atingir aquelas estratégias que foram traçadas ao longo do tempo.

Vendamarketing: Suas vantagens e como aplicar em seu negócio

Uma empresa que quer atingir os objetivos que foram traçados para ela, sabe que colocar os planejamentos em execução, investindo no vendamarketing pode trazer bons resultados para o seu negócio.

Se tratando de marketing, é preciso fazer a definição das estratégias de sua empresa, dessa forma serão usadas apenas as informações mais importantes e necessárias para que dessa forma consiga atingir um número maior de clientes possíveis para voltarem suas atenções para sua marca.

Agora, em relação ao vendamarketing, é importante citar a necessidade de inserir um SLA para as equipes envolvidas, dessa forma colocará um prazo para cumprir determinadas atividades como fazer novos clientes comprarem mais itens como servomotor que são vendidos por sua empresa. 

É essencial que ao final de cada trabalho executado, sejam reunidos os profissionais que estão fazendo parte dessas atividades, entre marketing e vendas, para saber como andam os processos e quais foram os resultados obtidos.

Em relação ao time de vendas, é importante fazer a definição do tempo que sua equipe usa para abordar uma pessoa e transformá-la em cliente para o seu negócio, identificando o número de tentativas de contato com uma pessoa.

As vantagens de usar duas equipes são muitas para um negócio, pois permite que os profissionais trabalhem em conjunto para atingir os resultados esperados por sua empresa.

 

Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais.

Como ter uma nova visão para negócios

Com o mercado se tornando cada vez mais concorrido, muitas vezes é preciso mudar um pouco seu negócio e a forma de atuação para conseguir se destacar da concorrência e fazer com que sua empresa que vende imã de ferrite tenha um diferencial competitivo que faça ela ficar no topo. 

Para que isso aconteça, muitas vezes é preciso abandonar as práticas antigas e muitas vezes ultrapassadas que temos de negócio, e criar uma nova visão, ou seja enxergar com outros olhos e sob uma nova perspectiva o que está acontecendo dentro do seu empreendimento. 

Uma nova visão para negócios, permite entender melhor o funcionamento dos processos internos e externos e mudar algumas atitudes, se adaptando aquilo que é melhor para o seu empreendimento. 

Ter essa nova visão não significa mudar completamente a sua empresa, mas sim entender melhor todos os processos e enxergar a partir de um novo ponto de vista, onde sua empresa se coloca dentro do mercado e como ela pode crescer. Se você se interessou por essa estratégia continue lendo o texto porque abaixo, separamos algumas dicas para você saber como ter uma nova visão para negócios, bora conferir?

 

Analise seus pontos fortes e fracos e entenda seu contexto dentro do mercado

O primeiro passo para ter uma nova visão de negócios é justamente entender qual o contexto que a sua empresa está inserida dentro do mercado, para isso, é preciso analisar quais são seus pontos fortes e fracos, e fazer uma varredura completa sobre suas estratégias e execuções. 

Entenda o que na sua empresa funciona de forma efetiva e o que ocorre de forma negativa, saiba enxergar qual é o seu contexto e importância dentro do mercado, sua empresa que vende tubo flexível tem autoridade? Reconhecimento? Quais são seus méritos ou deméritos? Entender sua colocação é crucial para começar a moldar uma nova visão para negócios mais consistentes. 

 

Integre todos os setores da sua empresa

Como conseguir fazer com que seu negócio mude sua perspectiva se todos os setores estão desunidos? Comece a integrar as equipes, sistemas e setores de toda a sua empresa, converse com seus funcionários e peça para que eles trabalhem como uma unidade. 

Essa integração, faz com que todos estejam voltados ao mesmo objetivo, o que deixa muito mais clara a visão daquilo que você busca, e facilita a sua atitude e perspectiva sobre o interno e o externo. 

 

Exija uma comunicação clara e coesa

Não tem como criar uma visão de negócios sem uma comunicação clara e coesa entre todos que atuam dentro da empresa, isso é uma questão básica que tem que ser exigida caso você procure ter sucesso. 

Busque construir uma comunicação assertiva, sem ruídos ou interferências, dando voz ativa aos colaboradores sobre determinadas situações para ganhar novos pontos de vista e conseguir direcionar seu negócio no rumo considerado ideal para o seu negócio. 

 

Escute seus clientes e trabalhe para melhorar a experiência deles

O bem mais valioso de uma empresa sem dúvidas são seus clientes, é através deles que você consegue vender suas bacias de contenção e manter as portas abertas, então dê ouvidos a eles e busque sempre entender o que eles querem e suas necessidades. 

Muitas vezes, os consumidores têm uma visão diferente do seu negócio, o que te ajuda a olhar outra perspectiva e criar estratégias diferentes para atender essa demanda, releve a importância que eles possuem para a sua empresa. 

 

Avalie seus resultados e se adapte ao futuro

Avaliar resultados ajuda você a entender o que está dando certo ou errado dentro do seu negócio, quais estratégias e campanhas falharam e quais tiveram um resultado satisfatório dentro da sua empresa, isso te ajuda a ter uma visão mais ampla do mercado de forma geral. 

Além disso, é imprescindível que você se adapte ao futuro, utilize a tecnologia, veja as tendências de sua área, saiba como reagir ao novo hábito dos consumidores, saiba administrar tudo isso para que você consiga ter uma visão mais clara e alcance o sucesso com o seu trabalho. 

O que você achou do post de hoje? Deixe sua opinião nos comentários abaixo e não se esqueça de compartilhar caso tenha curtido, até a próxima!

 

Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais. 

8 dicas para pés saudáveis em qualquer momento 

Eles ficam expostos por quase toda nossa vida, eles são os que nos deixam em pé, que permite praticar exercícios. Sim, estamos falando dos pés. Os pequenos guerreiros que aguentam todo tipo de sapatos femininos, terreno e dores. 

Cuidar dos pés no verão, nas férias… um ritual de beleza que não pode ser negado em hipótese alguma, principalmente em épocas quentes como o verão, os pés ficam ásperos, e descascam com mais facilidade. 

1. No chuveiro, escove suavemente

Escovamos as unhas, duas vezes por semana, com uma escova macia, para remover todas as pequenas sujeiras. Esfolia os pés, uma vez por semana, com um pouco de sabonete preto, para limitar o acúmulo de calos e manter a pele macia.

2. Lixamos os calcanhares, mas não com muita frequência

A maioria das pedicures só tolera pedra-pomes, não ralador. Uma vez por mês, nos calcanhares e no chuveiro remova os calos. Se seus pés tendem a produzir muitos calos, alterne entre seu hidratante e um creme à base de uréia de 30-50% para acabar com as células mortas.

3. Hidrate os pés regularmente

Algo para fazer todos os dias! Alterne creme hidratante e creme nutritivo, enfatizando os calcanhares e as unhas. 

4. Cortando e depois lixamos as unhas

Começamos cortando – não muito curto – com um alicate e cortador de unhas de qualidade. O corte é reto e os ângulos são suavemente arredondados com uma lixa de papelão. A forma final segue a da unha.

5. Massageamos nossos pés sempre que possível

Nada como uma massagem, com ou sem creme, para relaxar o pé. Nosso conselho: sentado e confortável, partindo do topo do pé e descendo até os dedos, avançamos os polegares, um após o outro, numa espécie de passo pequeno. Adquira também o hábito, em casa, de rolar o pé em um pequeno rolo em uma bola de tênis.

6. Evite chinelos

Para andar, o sapato certo é aquele que promove a ativação da bomba venosa da panturrilha. E isso graças a um bom desdobramento do passo com suas fases de apoio (calcanhar, planta e dedão do pé). 

Este roll-out só é possível se o pé estiver relaxado e não preso para segurar o sapato como em um chinelo. Mesmo usando sapatilhas femininas, os dedos dos pés estão retraídos. Neste tipo de rasteirinha, muitas vezes o suporte é inexistente, o que promove más posturas e dores na pelve e pescoço.

A boa opção é que o sapato seja preso ao tornozelo. Sem contar uma pequena queda (1 cm é suficiente) entre o calcanhar e a frente do pé e um bom amortecimento. Você realmente não quer desistir de seus chinelos? Portanto, não os use sem parar durante as estações quentes, troque os sapatos com frequência, para limitar a tensão.

7. Trabalhe seu arco

Na maioria das vezes trancado e sedentário, o pé recebe muito poucos estímulos. Neste exercício, trabalha todos os músculos do pé, ajuda a manter o dedão do pé alinhado e fortalece o arco do pé. 

Outro benefício é que, ao mesmo tempo, melhoramos nossa ancoragem no solo. O exercício: descalço no chão ou na areia dura, cave e levante o arco do pé o máximo possível coçando os dedos. É toda a sola plantar que deve levantar. Tenha certeza que isso irá ajudar os pés. 

8. Relaxamos os pés com uma receita fresca

A receita para o anti aquecimento dos pés: uma gota de óleo essencial de hortelã e uma de limão para diluir no seu hidratante. Faça esse procedimento principalmente à noite. Agradável e relaxante, especialmente se você adicionar uma gota de óleo essencial de hortelã-pimenta.